Publicado por: José Irineu Nenevê | 22/03/2019

Ano X – 22/mar

“A água é o elemento presente no princípio das coisas” (Tales de Mileto, filósofo, dominava a matemática egípcia e a astronomia babilônica, 624-546 a.C.).

A vida depende da água. O grande desafio para a astronomia é encontrar corpos celestes que contenham água para uma possível viagem espacial. Ao observar a natureza, Tales estuda a água em seus três estados, solido, liquido e gasoso, razão pela qual acreditava que ela estaria presente na origem, movimento e transformação de todas as coisas. Ele praticamente inaugura uma busca racional para entender a natureza, longe de magias ou influencias míticas. Observando como o ser humano trata a água nos dias atuais, verificamos que estamos matando, de certa forma, o que nos garante a vida. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Anúncios
Publicado por: José Irineu Nenevê | 21/03/2019

Ano X – 21/mar

“Existem coisas que nós sentimos na pele, outras que precisamos dos olhos para que vejamos, outras ainda que só percebemos com as batidas do nosso coração” (Carlos Fuentes, escritor espanhol, 1929-2012).

Nossos sentidos são nossas janelas para o mundo. Os cinco sentidos palpáveis estão ligados ao nosso corpo. Mas existe um que está ligado ao coração, pertence ao mundo das sensações, que mais parece com amor, que é a capacidade sentir sem ver ou tocar, como faz uma mãe quando sente que seu filho precisa de sua ajuda e corre para ajudar, ou quando alguém percebe um perigo eminente, sem ter visto ou sentido nada ainda. No mundo da parapsicologia existem outros reservados aos indivíduos chamados sensitivos. No reino animal é mais palpável esta sensibilidade, pois sua sobrevivência depende de sua capacidade de sair a tempo das garras dos predadores. Nós humanos “atrofiamos” muitas de nossas capacidades por comodismo. Talvez Jesus também esteja se referindo a isso quando conta a parábola dos talentos enterrados. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 20/03/2019

Ano X – 20/mar

“Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” (Mateus 20, 22).

O pódio é reservado a quem se empenhou. Todo mundo quer ter um corpo esbelto, sucesso na vida e afins, mas quando precisam fazer exercícios, controlar a alimentação e cuidar de seu estado emocional, logo desiste. Na vida espiritual acontece algo semelhante. Todo mundo quer sentar-se ao lado do “trono”, mas quando é apresentado o “cálice” amargo dos sacrifícios, dos jejuns, das penitências, das perseguições que devem ser enfrentadas, dos desprezos de muitos, até de amigos, logo desistem por ser pesado demais. A escalada é difícil e precisa de muita garra para vencer. Se o caminho estiver muito fácil, pode ter certeza que pegou o caminho errado. Lembre-se do conselho de Jesus: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem” (Mateus 7, 13-14). Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 19/03/2019

Ano X – 19/mar

“Jacó gerou José, o esposo de Maria da qual nasceu Jesus chamado Cristo” (Mateus 1,16).

Na Bíblia, José é chamado de um homem justo. Um homem justo é alguém que é honesto, reto, íntegro, autêntico, bom etc. Temos vários personagens Bíblicos chamados de “justos”. Sabemos que ele era carpinteiro de profissão. Como era costume na época, ele deve ter ensinado este ofício a Jesus. Nos relatos Bíblicos ele sempre está protegendo a Sagrada Família, e sua comunicação com Deus Pai é através de sonho. Acolheu Maria, esteve ao seu lado no nascimento de Jesus, livrou da perseguição de Herodes, fugindo para o Egito, dentre outros. Sem falar muito, mas agindo com firmeza ele dá segurança a sua família. Viveu pela fé, sem muito compreender dos mistérios em que estava envolvido, mas acreditou e fez o que o Senhor pediu. Somos desafiados a sermos justos em tudo para que o mundo seja melhor. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 18/03/2019

Ano X – 18/mar

“O Senhor é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te espantes” (Deuteronômio 31,8).

Se aproximar de Deus é uma decisão pessoal que transforma a vida. Ele se comunica conosco em toda a natureza, até mesmo com as pessoas. Um nascer do sol com todo o esplendor de cores na madrugada é reservado para quem busca a Deus desde cedo. O encanto das flores se abrindo é reservado para quem tem uma alma sensível. Perceber a dor de alguém e estender sua mão amiga é reservado para quem ama. Como criança que brinca de abrir o caminho para que a água escoe para os declives, Deus vai abrindo os caminhos diante de nós quando estamos sensíveis a sua comunicação. Nunca desista de Deus, pois Ele nunca desiste de você. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 12/03/2019

Ano X – 12/mar

“Você nunca estará mal vestido quando tiveres um belo sorriso” (dito popular).

O bom sorriso conversa com a alma. Mas nem todos são de felicidade. Muitas vezes em eventos sociais encontramos muitas pessoas sorrindo, mas “entre os dentes”, só para serem simpáticos. A maioria das vezes o sorriso é por diversas razões, menos por felicidade. Sendo assim, há mais sorrisos “sociais” do que expressão de alegria da alma. Quando a alma é boa, ou seja, cultiva a bondade, ela transmite nas ações uma alegria diferente. Os animais conseguem perceber isso porque eles desconhecem a maldade, são o que são. Talvez por isso que gostem tanto do carinho das pessoas boas. Eles não olham aparências, mas os gestos de bondade, e principalmente o sorriso sincero. Como seria maravilhoso se fossemos sempre assim alegres, capazes de relevar os “tropeços” e continuar sorrindo. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 11/03/2019

Ano X – 11/mar

“Mostre-me um trabalhador com grandes sonhos e nele você encontrará um homem que pode mudar a história. Mostre-me um homem sem sonhos, e nele você encontrará um simples trabalhador” (James Cash Penny, comerciante americano, 1875-1971).

Sonhos são como velas que impulsionam os barcos, nos fazem sair do porto e navegar. Os sonhos inquietam o ser humano e o tornam criativo. Muitas vezes o medo do desconhecido gera insegurança e a pessoa acaba deixando escapar seus grandes sonhos. Mas quem abraçou seus sonhos e foi capaz de superar as dificuldades criou muitas das grandes invenções que conhecemos hoje. Persistência apesar dos fracassos, esta é a tônica dos grandes sonhos. Quem se acomoda não sai do lugar. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 11/03/2019

Ano X – 08/mar

“Admiramos as mulheres por certos motivos, porém amamo-las sem motivos” (Gilbert Keith Chesterton, escritor e ensaísta inglês, 1874-1936).

O sim de uma mulher permitiu a vinda do Salvador. A mulher divide com o homem a responsabilidade da preservação da espécie humana. Cada um a seu modo, dividem tarefas distintas. Na ausência de um, sobrecarrega o outro. O que deveria ser uma harmonia em amor, respeito e admiração, nem sempre foi assim. Sobre os ombros das mulheres foram colocados fardos pesados além das suas responsabilidades, levando-as a fadigas, tristezas e decepções. Mas estiveram sempre de pé, chorando às vezes, pois sua força vem da alma, sem desistir por saber que alguém depende de sua iniciativa. Deus escolheu a mulher porque seu filho precisava de seu carinho, de seu exemplo, de sua força e de seu amor para entender a humanidade. Mas Deus primeiro pediu sua permissão, por amor e respeito. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 07/03/2019

Ano X – 07/mar

“Quando a dor de não estar vivendo for maior que o medo da mudança, a pessoa muda” (Sigmund Freud, médico e psicólogo austríaco, 1856-1939).

Para um monge viver é um dom divino. Para uma presa é fugir dos predadores. Para um predador é caçar sua presa. Para um pesquisador é solucionar sua busca. Para um médico é salvar uma vida. Enfim, viver é mais que ter suas funções vitais, é ter um sentido. Alguns quando não encontram este sentido, se refugiam no que, mesmo por instantes, farão esquecer. Ficam escravos dos vícios. Atitude corajosa seria mudar o estilo de vida, enfrentando os medos. É muito difícil, pois a pessoa precisa se superar. Como uma presa que se sente acuada pelo predador, se desistir de lutar, morre, se lutar pode se machucar, mas a vontade de viver cria dentro de si uma força capaz de transformar seu medo em heroísmo, e mesmo sendo ferida é capaz de enfrentar e vencer. Dar sentido a própria vida é uma atitude que se renova todos os dias. Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Publicado por: José Irineu Nenevê | 01/03/2019

Ano X – 01/mar

“É muito difícil fazer bonita a felicidade. Se a felicidade é apenas a ausência de infelicidade então é uma coisa muito feia” (Jean Cocteau, escritor, pintor e coreógrafo francês, 1889-1963).

Se a felicidade estiver fora de um coração puro, então ela é apenas uma infelicidade entorpecida. Tem gente que guarda tantas preocupações no coração que nem consegue pensar direito e para relaxar precisa de algum estimulante externo. Pessoas assim têm dificuldade em apreciar o simples, o belo, a pureza, pois as preocupações agem como espinhos de roseira a impedir esta visão. Precisam de amor para purificar o coração. Mas do amor divino que a tudo purifica. Deixar de lado os vícios, e começar a perdoar e amar muito. À medida que o coração for se purificando, as visões vão se clareando. È uma busca profunda da inteligência e da vontade. Aí sim saberão o que é felicidade. “Felizes os puros no coração porque verão a Deus” (Mt 5,8). Bom dia e Bom trabalho! (Reflexão feita por Jose Irineu Neneve).

Bom Dia!
(23 anos)

Older Posts »

Categorias